Dispositivos de segurança: Qual a diferença entre DISJUNTOR, IDR e DPS? - Priorize

terça-feira, 28 de abril de 2020

Dispositivos de segurança: Qual a diferença entre DISJUNTOR, IDR e DPS?

Algum tempo atrás, só existia o disjuntor como dispositivo de segurança elétrica, mas com o tempo foi desenvolvido novos dispositivos, entre eles o IDR e o DPS. Nessa postagem vamos ver em detalhes o que é cada um e qual é seu objetivo. Vamos iniciar pelo nosso conhecido aliado, o disjuntor.



Disjuntor termo-magnético

Um disjuntor termo-magnético funciona como um interruptor automático, que desativa uma instalação afim de proteger contra possíveis danos se um problema ocorrer, por exemplo um curto-circuito ou uma sobrecarga. Eles tem uma proteção térmica (proteção lenta e robusta) e uma proteção magnética (rápida e precisa). 
Os disjuntores servem exclusivamente para proteger  os cabos elétricos da instalação, contra a alta temperatura ou um rompimento que seria causado em um curto-circuito.


Temos um artigo que explica em detalhes sobre o disjuntor. Conheça ele por dentro também. Clique aqui!


IDR (Interruptor Diferencial Residual)

O IDR, ou simplesmente DR (Disjuntor Residual) reconhece fugas de energia extremamente pequenas, coisa de centésimos de ampere, que não são identificadas por um disjuntor termo-magnético. Por esse motivo ele é de extrema importância ter esse dispositivo no quadro de cargas da sua casa, ou da instalação que você fizer.
Se uma pessoa encostar em alguma parte viva (algo energizado, como tomada, cabos ou partes metálicas que estejam energizadas) o IDR vai desarmar quando sua corrente atingir 30mA (valor máximo que o corpo humano suporta sem ocasionar nenhum problema na saúde).
O IDR protege pessoas e animais de serem atingidas por uma descarga elétrica que poderia ser fatal.

Segundo a NBR 5410, no item 5.1.3.2.2, o IDR deve ser utilizado em locais onde contenham chuveiro ou banheira, tomadas da área externa, tomadas internas que venham a alimentar equipamentos na área externa, cozinhas, copas, áreas de serviço, lavanderias, garagens ou outras áreas molhadas.


DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos)

O DPS possui uma função parecida com a do para-raios. Ele protege nossos equipamentos contra uma sobre-tensão na rede, como um raio, por exemplo. O DPS é conectado ao terra, drenando o que for prejudicial para a terra, protegendo nossos equipamentos.
Em algumas regiões o DPS é obrigatório pela companhia elétrica.
O DPS protege nossos equipamentos da queima, relacionadas com um pico de energia resultado de um problema na rede ou uma descarga atmosférica.

Resumindo:

  • O disjuntor serve para proteger o cabeamento elétrico, de um curto-circuito ou sobre-carga.
  • O IDR serve para proteger os humanos ou animais de receberem um choque fatal;
  • E o DPS protege nossos equipamentos para evitar a queima durante um pico de tensão, como um raio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial